Timidez quando deixa de ser uma característica e se torna um problema
Postado em | Escrito por: Romildo Ribeiro de Almeida
1 Comentáro

Ser tímido nem sempre é um problema, pois timidez não é doença. É apenas um padrão de comportamento caracterizado por uma inibição frente a situações que envolvem contato com o mundo exterior, principalmente nas relações sociais.

Em alguns casos, ser tímido é até uma vantagem, pois o tímido adota sempre uma postura de prudência frente à situações novas, correndo assim menos riscos. Outra vantagem do tímido é que ele passa uma imagem de credibilidade, característica importante em cargos de responsabilidade.

O tímido não costuma agir por impulsos; normalmente é reflexivo e focado nos seus objetivos. Essa postura cautelosa faz com que cometa menos erros, pois a premissa básica nas suas relações com o meio é de que existe uma situação ameaçadora que precisa ser bem administrada.

A desvantagem de ser tímido é que a timidez causa ansiedade, pois até mesmo em situações normais, o tímido gasta muita energia causando assim uma perda de qualidade que o impede de desfrutar a vida com tranquilidade. Em geral, os tímidos são meio compulsivos por resultados, e por isso exigem muito de si mesmos.

Timidez

O medo de errar, de ser rejeitada, a dificuldade em fazer amigos se torna um entrave na esfera profissional e afetiva da pessoa tímida. Certos cargos na área comercial exigem capacidade de persuasão, qualidade que falta na pessoa tímida e introvertida. Muitos profissionais têm a sua carreira comprometida porque temem lidar com novos desafios preferindo permanecer num cargo inferior a serem promovidos.

A timidez em excesso gera também uma insegurança na hora de se relacionar afetivamente. Uma pessoa tímida não escolhe um parceiro espontaneamente, preferindo ficar numa posição passiva em relação ao sexo oposto, desejando ser escolhida ao invés de escolher alguém que realmente goste.   Uma postura como esta pode comprometer a felicidade futura, pois a autoestima rebaixada faz com que tenhamos uma opinião distorcida sobre nós mesmos, fazendo-nos super dimensionar os nossos defeitos, e em contra partida diminuir nossas qualidades.

Enfim, considerando tudo o que foi dito, precisamos avaliar até que ponto a nossa timidez é qualidade ou defeito. Muitas pessoas famosas são ou foram tímidas: Lady Gaga, Julia Roberts, Tom Hanks, Brad Pitt, Ghandi, Albert Einstein, etc. Até na bíblia encontramos casos de timidez dos quais menciono três: Gideão, Saul e Jeremias. O caso de Saul é o mais dramático: Saul era um escolhido por Deus, era alto e bonito. Assim mesmo se escondeu na bagagem, certamente por se achar incapaz para aquela tarefa. (I Samuel 10: 20-23). Como vemos, o medo e a timidez podem nos fazer perder até a benção de Deus.

Se você é tímido, comece a encarar o problema. Evite pensamentos negativos contra si mesmo que só fazem abaixar a sua autoestima. Não pense que todas as pessoas ao seu redor estão olhando para você e esperando que você cometa uma gafe, você não é tão importante assim. Tente olhar para as pessoas enquanto fala com elas e dirija a conversa para assuntos que você domina.

Lembre-se: ser tímido não é defeito, mas se a timidez lhe causa insegurança e mal estar, procure ajuda com um amigo, padre ou psicólogo.

Entre em contato!


Uma resposta para “Timidez quando deixa de ser uma característica e se torna um problema”

  1. Bruna mais disse:

    ParabÉmerson pelo excelente texto. Muito esclarecedor, me ajudou bastante. Muito obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.