Buscando o equilibrio
Postado em | Escrito por: Romildo Ribeiro de Almeida
0 Comentário

Provavelmente você já ouviu falar na pulseira do equilíbrio. O site do fabricante garante que os usuários da tal pulseira conseguem benefícios na saúde física e emocional. Até mesmo celebridades do mundo esportivo como Shaquille O’neal, Cristiano Ronaldo e o brasileiro Rubens Barrichello declararam fazer uso da pulseira e a recomendam.

Já conversei com pessoas que me disseram que a pulseira ajuda a emagrecer dormir melhor, relaxar, enfim é uma pulseira “milagrosa”. Quando você ouve esse tipo de coisa, sente-se um trouxa por não estar usando e dá uma vontade imensa de também comprar uma para desfrutar de tantos benefícios.

A fabricante australiana afirma que a pulseira é fabricada com material de altíssima tecnologia e que possui um holograma interno que interferiria nas energias corporais de quem a usa promovendo, assim um equilíbrio geral no organismo e no psiquismo.

Só que recentemente a verdade veio à tona. Uma universidade espanhola realizou experimentos científicos com voluntários e descobriu-se que a tal pulseira não possui, na sua composição nenhuma propriedade capaz de beneficiar o seu usuário. O efeito do equilíbrio observado e demonstrado pelos vendedores nada mais é que um efeito muscular que algumas pessoas podem apresentar, com ou sem pulseira. A própria fabricante foi obrigada a declarar em nota divulgada na imprensa que seu produto efetivamente não funciona.

Assim como as tais pulseiras que não passam de ouro de tolo, existem no mercado muitos produtos vendidos com as mais diversas promessas, como xampus para eliminar a calvície, alimentos que prometem emagrecimento rápido, remédios que curam a impotência sexual etc.

Por trás dessa indústria de produtos “milagrosos”, o que existe de fato é o sofrimento das pessoas. O ponto positivo é que o ser humano está, de fato buscando uma maneira de viver melhor, está interessado na qualidade de vida. Por outro lado, essa necessidade faz com que o indivíduo se torne uma presa fácil desse monstro chamado mercado que não tem nenhum escrúpulo quando o assunto é ganhar dinheiro.

Essa combinação infeliz entre necessidades humanas e oportunidade de lucro ainda vai criar outros produtos “milagrosos” no futuro. Esse processo não acabará nunca, pois há uma lei que rege a sobrevivência nessa selva chamada mercado: As desgraças de uns, são sempre as oportunidades de outros.

A nossa mente inconsciente quando estimulada pode produzir fenômenos diversos que alteram a percepção da realidade fazendo com que, até mesmo pessoas cultas e inteligentes, sejam facilmente enganadas.

Precisamos saber que o verdadeiro equilíbrio começa de dentro pra fora ou colocado de outra forma, do espírito para o corpo. Para se chegar a esse equilíbrio o melhor a fazer é seguir conselhos simples como de São Francisco de Assis que ensinava: “Se quiser ver seu sonho se realizar, não tenha pressa, vá devagar. Faça poucas coisas, mas faça-as bem”.

Entre em contato!


Deixe uma resposta