A amizade e o triplo filtro
Postado em | Escrito por: Romildo Ribeiro de Almeida
0 Comentário

Quando os noticiários da TV nos apontam para os horrores da guerra, é necessário pensar em paz, mas não só em paz entre nações.  Precisamos lutar pela paz, mas de uma maneira bem simples. Estou falando da paz nas nossas relações, seja entre amigos, parentes ou casais, porque a sociedade como um todo é formada por pessoas e estas regem as nações.

O mundo está carente de boas relações, pautadas na lealdade, fidelidade, honestidade e confiança. Deus nos deu um instrumento essencial no processo de comunicação: a palavra. Ela pode construir a paz, mas infelizmente também pode destruir, e é o que muitas vezes acontece.

Sócrates, o grande filósofo grego da antiguidade e famoso pela sua sabedoria, ensinou-nos um interessante método para nos defendermos das fofocas que destroem as relações e provocam a guerra entre pessoas. Convido o leitor a ler atentamente a história a seguir e tomá-la como um modelo a ser seguido.

Um dia, um conhecido se encontrou com o grande filósofo, e lhe disse: Sabe o que escutei sobre teu amigo? Espera um minuto, replicou Sócrates. Antes que me digas qualquer coisa, quero que passes por um pequeno exame. Eu o chamo de exame do triplo filtro. Triplo filtro?, perguntou o outro. Correto, continuou Sócrates.

            Antes que me fale sobre meu amigo, pode ser uma boa idéia filtrar três vezes o que vai dizer. É por isso que o chamo de “Exame do triplo filtro”. O primeiro filtro é a VERDADE. Está absolutamente seguro de que o que vai me dizer é certo? Não, disse o homem, realmente só escutei sobre isso. Bem, disse Sócrates, então você realmente não sabe se é certo ou não.

            Agora me permita aplicar o segundo filtro, o filtro da BONDADE. É algo bom o que vai me dizer de meu amigo? Não, pelo contrário, disse o homem. Sócrates continuou: então, deseja me dizer algo ruim dele, porém não está seguro de que seja certo. Mesmo que agora eu quisesse escutá-lo, ainda não poderia, pois falta um filtro, o filtro da UTILIDADE. Me servirá de algo, saber o que você vai me dizer do meu amigo? Não, na verdade não. Bem, concluiu Sócrates: se o que desejas me dizer não é certo, nem bom e tão-pouco me será útil, porque eu iria querer saber?

            Use este triplo filtro cada vez que ouvir comentários sobre alguns de seus amigos próximos e queridos. A amizade é algo inviolável. Nunca perca um amigo por algum mal entendido ou comentário sem fundamento, pois a paz no mundo depende, antes de mais nada, da paz entre as pessoas.

Entre em contato!


Deixe uma resposta